quarta-feira, março 08, 2017

Hoje é dia coletividade
SORORIDADE
palavra da vez

Hoje é dia de estender a mão
Esquecer de julgamentos
-sempre errados, saiba-
Ignorar as amarras mentais que
Quando em quando
Vêm

Hoje é dia de pedir perdão
À PUTA, À VACA, À FRÍGIDA, À LOIRA
Entenda, não é demagogia... teus xingamentos são teus e vieram da tua bagagem - machista- de sobrevida

Hoje é dia de pensar com teu EU e se questionar sobre o que está enterrado em teu discurso e que escuto de longe

Hoje é dia de zelar pelo teu sono, mas sobre tudo pela tua VIGÍLIA pois foi enquanto tantas de nós dormíamos que a mordaça foi feita

Hoje é dia de ler ELAS que transformam o mundo com suas palavras, mas costumam - nada ao acaso - ser apagadas dos livros didáticos de literatura

Hoje é dia de assistir ELAS que impactam com suas atuações, mas seguem sendo reduzidas a salários inferiores, e ao processo perverso de CARNIFICAÇÃO

Hoje é dia de pensar a arte DELAS que pintam, modelam, refletem a sociedade, mas enfrentam a marginalização e são, com frequência,  expurgadas das galerias

Hoje é dia de ouvir ELAS que cantam, tocam e encantam doces ou não com suas notas, mas que escapam dos grandes halls da fama

Hoje é dia de estudar ELAS que pensam, criam, pesquisam e geram conhecimentos através dos quais SIM o mundo teria ficado para trás

Hoje é dia de agradecer a ELAS que organizam casas, colocam comida na mesa e passam, muitas vezes, a vida inteira pensando nos outros antes de nelas mesmas

Hoje é dia de olhar com carinho para ELAS que a noite vestidas inapropriadamente correm atrás de caminhões e de lixos para removê-los da tua rua

Hoje é dia de pensar além da caixa ao se deparar com ELAS que são maioria nas escolas na arte que se espera ser incansável de fazer um pouco mais ganhando tão menos

Hoje é  dia de saber que ELAS TODAS ainda ganham até 67% menos do que ELES simplesmente por serem assim: tão ELAS... tão impreterivelmente mulheres

Hoje é  dia de se dar conta que enquanto escrevo este texto (em torno de 11min)  ao menos UMA MULHER FOI VIOLENTADA NO BRASIL, porque este é um dado e contra fatos não há argumentos

Hoje é dia de saber que da hora que escrevi este texto até a hora em que estas lendo exatamente essa frase pode ja ter passado 2h, ou 4h ou 6h ou 8h ou 10h ou muitas outras 2h... e A CADA DUAS HORAS UMA MULHER É MORTA AQUI NA NOSSA PÁTRIA AMADA


Tinha que ser mulher, vir escrever isso
Bem teu tipinho
 SIM

terça-feira, março 07, 2017

Pode ser que a solidão bata a sua porta...

Shhhhhhh

Ouço seus passos... pé ante pé
É a madrugada

E doída
E doida
E toda
Inteira

Arrastando suas correntes me traz Lygia, Clarice, Virgínia... me traz um vulto apagado e sem contorno de mim

Eu
Tão eu
Tão outra

Ouça!!! Batidas estrondosas no corredor
Chegou na vizinha
Será que desiste?

Shhhhhhhhhh

Vou calar na alma
Mais uma vez na vida
E

segunda-feira, novembro 14, 2016

Um dia seu melhor momento passa, seu grande ato acaba... um dia seu brilho se apaga, sua vida se transforma... um dia o cabelo se encurta, as saias de alongam... um dia os saltos se abaixam, as certezas se acabam... um dia sua pele lisinha se marca (braille da vida) e seu corpo se muda inteiro... um dia sua voz engrossa um tanto e seu tempo passa a valer muito mais... um dia seu nariz e orelha crescem e nada mais não na mesma intensidade... um dia seus olhos trocam o fogo da nova experiência pelo mistério do que já se viveu... um dia o jogo de cabelo e sorrisos maliciosos não significam mais nada diante de uma postura impetuosa e aura indecifravelmente sedutora... um dia o sentimento de insegurança diante do novo acaba e você passa a ser -paradoxalmente- o novo... um dia o desejo de chamar a atenção do outro passa e fica um apreço pela sua própria companhia... um dia as fotos não serão tudo, tão pouco serão nada, mas serão assim fotos como devem e lhes cabe ser... um dia nada mais vai importar tanto porque o que mais importa já terás: uma história, uma identidade tão flexível e flutuante e ao mesmo tempo tão sua, tão confortável... um dia... ah, um dia...

quarta-feira, julho 17, 2013

Compartilhando

Da uma saudade... nem sei bem do que... talvez de amigos... talvez de algum lugar... talvez de um tempo... talvez de mim mesma... saudade íntima... extraño!

http://www.youtube.com/watch?v=ul9PDed9gCY

segunda-feira, junho 10, 2013

Revés



Hoje vai ser um dia difícil, por que sempre é difícil rever?
Rever trabalhos inacabados
Rever relacionamentos acabados
Hoje vai ser difícil porque preciso rever
Rever, não revisitar
Revisitar normalmente é tão fácil

quinta-feira, dezembro 13, 2012

Sumi

Porque não é saudável esperar príncipe encantado
Porque não é saudável recorrer, sempre, ao passado
Porque não é saudável revisitar velhas fotos
Porque não é saudável contar quantas horas haverá de sono
Porque não é saudável voltar aos mesmos temas
Porque não é saudável viver sem coerência
Porque não é saudável... parei de escrever

Sem escritura, sumi
Sem príncipe, sem passado, sem álbuns, sem dormir, sem assuntos e coerente: sumi
Volto? Será possível?

sábado, dezembro 10, 2011

Ai que saudade

                                Tema repetido: saudade... Tom de texto repetido: triste, soltário... Momento único: não conseguir parar de chorar pensando na melhor abuelita de todos os tempos... Una abuelita super!